SOBERANA E INDEPENDENTE HONRA E PAZ


MATÉRIAS ESPECIAIS E LINKS ANTIGOS

 


UMA  EXTRANHA  MULHER: MAÇONARIA
 

youtu.be/uVvXeklKNYw    http://youtu.be/uVvXeklKNYw
 

 

NOVIDADES EM NOSSO PAINEL PROFISSIONAL - VEJA NA COLUNA DE NAVEGAÇÃO AO LADO

 

Bem-vindo ao nosso site

 

LOJA MAÇÔNICA INDEPENDENTE HONRA E PAZ .'. REUNIÕES ÀS TERÇAS - 20:00hs .'. VISITE-NOS À RUA AMARILES,73, BAIRRO SANTO ANDRÉ - BELO HORIZONTE, MG, BRASIL 

Conheça os SITES das Grandes Lojas Maçônicas no mundo - Lista Oficial

pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_grandes_lojas_maçónicas

 

 À GLÓRIA DO GRANDE ARQUITETO DO UNIVERSO

SAÚDE, FORÇA E UNIÃO.

CARÍSSIMOS IIR.'.

EM 13 DE DEZEMBRO DE 2011 (TERÇA-FEIRA), ESTAREMOS REALIZANDO A SESSÃO MÁGNA DE EXALTAÇÃO (GRAU 3) DE TRES IIR.'. :

PARA A QUAL GOSTARIAMOS DE CONTAR COM A PRESENÇA DOS IIR.'. OU DE REPRESENTANTES DESTA LOJA PARA NOS AUXILIAR E FORTALECER NOSSAS CCOL.'. , ABRILHANTANDO OS TTRAB.'. E FORTALECENDO OS LAÇOS ENTRE NOSSAS OOF.'. E OS OOB.'. .

A CERIMÔNIA TERÁ LUGAR NO TEMPLO HERÁCLIDES LEITE FERREIRA, À RUA DA BAHIA 570, ED. ALCAZAR,

5º ANDAR, E TERÁ INÍCIO ÀS 20 HORAS.

CONTAMOS COM A PRESENÇA DE TODOS.

ADERBAL AGENOR DE PINHO TAVARES.

VENERÁVEL MESTRE.

 

Venham somar e depois absorver as boas energias que sempre vibram em nossas Sessões / Reuniões... O Poder que nos une e nos leva a promover a PAZ também nos levará ao sucesso coletivo; e assim seremos exemplos vivos de uma humanidade realmente melhor. A LUZ não deve e nem será ofuscada pelos que queiram nos atingir, sem um motivo racionalmente plausível...

 

MAPA MUNDI ON LINE

http://www.ibge.gov.br/paisesat/main.php

 

PARA SEU CONHECIMENTO, ENLÊVO E RELAXAMENTO

http://www.youtube.com/watch_popup?v=2HiUMlOz4UQ&vq=large

 

http://www.youtube.com/embed/nf9ypRpbZMA

 

À GL.'. do G.'.A.'.D.'.U.'. publicamos hoje, 20/06/2011, o web site da Aug.'. Resp.'. Loj.'. Maç.'. Independente "HONRA e PAZ"

 

PRATICAMOS  O  "RITO  ESCOCÊS  ANTIGO  E  ACEITO"  

VISITE-NOS!

SERÁ UM PRAZER RECEBÊ-LO!

 

NOVIDADES E FATOS MARCANTES

 

Minas Entrevista

No programa MINAS URGENTE exibido pela Band, entrevista com o MAÇOM e nosso Irmão:

Professor Maurício Ferreira fala sobre a Maçonaria.


- Por que a Maçonaria é uma ORDEM?
- Como uma pessoa se torna Maçom?
- Por que a Maçonaria não é uma RELIGIÃO?
- Por que O SIGILO na Maçonaria?
- Há um Ente acima das Lojas.
- Qual o papel das MULHERES na Maçonaria?
- A Maçonaria diante da questão da Segurança Pública.
- O que mantém vivas as Tradições Maçônicas?
- O Simbolismo como recurso pedagógico.
- Os ritos e os rituais como recurso disciplinar.
- As especulações oriundas das antigas perseguições.
- A organização e a sobrevivência das Lojas Maçônicas e o comprometimento.
- O auxílio fraterno.

 

CLIQUE NO LINK ABAIXO E ASSISTA:

http://www.youtube.com/watch?v=Wo5KWRqj7vI&feature=related

 

A CHAVE ESCOCESA - Uma Investigação sobre as Origens da Maçonaria

Vejam o site abaixo, é muito interessante.

http://www.youtube.com/watch?v=GlrQ3_oInqA&feature=channel_video_title

 

TRABALHO DE NOSSO OBREIRO MARLON

 

Marlon Cesar.´. Companheiro Maçom 

 

PRIMEIRO TRABALHO: SÍMBOLOS

 

Carissimos irmãos, quando fui aceito maçom, não imaginava, o quanto seria prazeroso o trabalho nas oficinas, de uma coisa eu tinha plena certeza de que seria um trabalho duro, que eu deveria buscar vencer um grande obstáculo, se quisesse alcançar a luz que tanto busco.

 

Durante a minha vida profana sempre busquei o sagrado, às vezes tinha em meu pensamento quando me vinha o fracasso em determinadas buscas, que existiam inimigos que me impediam de chegar ao meu objetivo, hoje após vislumbrar o clarão da verdadeira luz, vejo que o grande inimigo que tenho habita dentro de mim, são os meus defeitos e meus vícios os principais inimigos que possuo. E aqui dentro desta augusta loja, onde me retiraram o véu da ignorância, que era o que me impedia de ver a luz da verdade, foi aqui onde dei os meus primeiros passos como maçom, que aprendi que devo cultivar as virtudes com amor e retidão, para poder alcançar a luz que almejo, essa mesma luz, que os meus olhos quase não suportaram olhar, quando foi me retirada a venda em ocasião de minha iniciação, é a mesma que hoje posso contemplar na estrela flamejante, luz essa que buscarei trazer sempre em meu interior, para que o meu espírito não se torne trevas e eu me perca nesta grande busca.

 

Hoje venho apresentar o meu primeiro trabalho no grau de companheiro maçom, e me senti durante o período de estudo e elaboração deste trabalho inebriado por uma força que me levava a buscar, que me impelia a trabalhar em busca de conhecimento, e imediatamente me voltei ao meu interior, pois aprendi que antes de buscar conhecimento exterior, devemos conhecer a nos mesmos, e percebi que agora começarei a retirada das arestas da pedra bruta que trabalhei quando era aprendiz, e agora como companheiro me é dada a oportunidade de ajustar e polir esta pedra para que se torne justa e perfeita.

 

O Aprendiz, ao completar seus três anos de trabalho, é de se supor que tenha aprendido o significado da posição vertical ou perpendicular, ou seja, a reta que ascende para o reino dos céus, e portanto aproxima-se daquele ser humano hígido. A perpendicular tem sua representação no prumo, que é a jóia do segundo vigilante e é a medida de retidão. Estar a prumo significa estar de forma correta e precisa em qualquer posição na vida, quer familiar, quer profissional ou ainda fraternal. Nessas condições, o Aprendiz deverá passar ao nível, se comprovadamente tais propósitos foram cumpridos, ou seja, se ele se considera um, homem hígido, de pé e ativo. Pois o nível, simbolicamente, nos ensina que devemos pautar nossa vida dentro do equilíbrio, a fim de que nossas ações se ajustem à perfeição do desejo, dando o equilíbrio necessário para que nossa obra seja permanente e estável, na medida justa e satisfatória. Assim, o nível e o prumo formam o dualismo perfeito e conduzem, a sabedoria...

 

RÉGUA DAS 24 POLEGADAS. A polegada é uma medida antiga que se afastou do sistema métrico francês; contudo, ainda é usada, posto que esporadicamente, é utilizada por nós brasileiros. A Maçonaria a adota porque simboliza o dia com as suas 24 horas. Assim, a régua maçônica mede 0,66 (sessenta e seis centímetros - a polegada é a 12ª parte do pé, ou, 0,0275). O tamanho da régua já sugere que é um instrumento destinado à construção. Filosoficamente, o maçom deve pautar a sua vida dentro de uma determinada medida, ou seja, deve programá-la corretamente e não se afastar dela. O Esquadro ( do latim exquadra e exquadrare, esquadrar ) é um instrumento, cuja propriedade é tornar os corpos quadrados; com ele seria impossível fazer um corpo redondo. Também emblema da justiça, da verdade, da retidão e da Igualdade nos fez companhia pela 4ª viagem. Delinear a perpendicular para o encaixe perfeito e construção de nossos templos interiores nos tornarão fortalezas tão intransponíveis que nem um novo Nabucodonosor ou romanos anacrônicos abaterão.

 

No simbolismo maçônico, existem dois instrumentos que estão sempre associados. O Esquadro tem o sentido de eqüidade, é formado pela reunião da horizontal e da vertical. Ele simboliza o equilíbrio resultante da união do ativo com o passivo é um dos símbolos maçônicos mais usuais e que, junto ao compasso, representa o emblema mais conhecido dos maçons. Simboliza a Eqüidade, Justiça e Retidão, e constitui a jóia do cargo de Venerável, porque este deve ser o maçom mais reto e justo da Loja. Em conjugação com o compasso, que representa Deus, para o qual deve o iniciado dirigir constantemente suas aspirações, o Esquadro substitui o quadrado para representar o mundo, ou o eu inferior com seus desejos e paixões subjugadas e dominadas, e recorda a nós maçons que devemos buscar unir-mos à sua fonte de origem e desprendermos-nos das ilusões terrenas. Por isto se diz que o verdadeiro maçom se encontra sempre entre o Esquadro e o Compasso. É uma das seis jóias da Loja, e uma das três chamadas jóias móveis. O Compasso é, por certo um dos instrumentos que o homem inventou depois de ele ter adquirido a noção de círculo. O compasso serve não só para traçar círculos como também para tomar e transferir medidas. A circunferência que ele produz, é a figura utilizada para representar o infinito, que pôr analogia podemos associa-lo com o espírito. Ele é composto de dois braços articulados e ligados pôr um eixo. Com ele descrevem-se círculos cujo centro ele indica nitidamente, assim como os raios e o diâmetro. O compasso é a imagem do pensamento nos diversos círculos que ele percorre; o afastamento de seus braços e sua aproximação representam os diferentes modos do raciocínio que, de acordo com as circunstâncias, devem ser abundantes e amplos, ou precisos e estreitos, mas sempre claros e persuasivos. O absoluto e o Relativo estão representados pela ação do Compasso, que é também a figura da dualidade (braços) e da união (a cabeça do Compasso). Por esta razão adota a Maçonaria o Compasso com um de seus grandes símbolos, e coloca-o sobre o Altar da Loja, enlaçado com o Esquadro para simbolizar a Macrocosmo, e a Bíblia (L.•.L.•.) para significar a sabedoria que ilumina e dirige tanto o Macrocosmo como o Microcosmo (o Maçom). Os três são assim considerados as grandes jóias e as grandes luzes da Maçonaria.

 

No simbolismo maçônico, esses dois instrumentos estão sempre associados. O maço Maço - O maço é uma espécie de martelo, de maiores proporções, servindo para construir ou para destruir. Maçonicamente, o maço é a ampliação do malhete, instrumento empunhado pelo Venerável Mestre e pelos Vigilante, representando a força e vigor O maço sugere duas situações, uma ativa, outra passiva; a ativa é quando bate, e passiva quando o objeto batido sofre o choque. O que nos lembra o maço, senão que o usamos na iniciação apenas uma vez, dando três pancadas na pedra bruta? Podemos tirar uma boa lição desse instrumento tão contundente, usando-o em nós mesmos para retirar as arestas de nossa pedra bruta, objetivado o auto aprimoramento. A maçonaria é uma escola, mas há viabilidade de uma auto-educação, pois, ao invés de esperarmos que alguém nos bata para aparar nossas arestas, podemos fazer isso nós mesmos, em uma atitude mais suave e precisa.

 

Reconhecer os próprios erros já é uma prática de desbastamento do espirito, ainda embrutecido da inteligência humana. Cinzel - Instrumento do grau de Aprendiz, que, com o malho, serve para desbastar simbolicamente a pedra bruta, esta um emblema da personalidade não educada e polida. Representa o intelecto. A alavanca é o símbolo da Força , servindo para erguer os mais pesadas fardos; moralmente, ela representa a firmeza de caráter, a coragem indomável do homem independente e o poder do amor à Liberdade. A Alavanca, em lugar do Compasso, é o emblema do poder que, junto às nossas forças individuais, multiplica a potência do esforço e possibilita o desempenho de grandes tarefas.

 

Simbolismo da Alavanca A Alavanca - Trata-se de um instrumento utilizado que representa simbolicamente a força. Seu formato, sugere essa referida força; basta-lhe um ponto de apoio para erguer um peso enorme sob a simples pressão muscular de um braço. Arquimedes dizia: " Dai-me um ponto de apoio que erguerei o mundo", manifestação filosófica no sentido de valorizar o " ponto de apoio" . Em nossa vida quando no deparamos com algum obstáculo a ser removido e que expressa um esforço impossível, o maçom deve evocar a alavanca e buscar esse "ponto de apoio".

 

Às vezes, a solução está perto de nós e não visualizamos porque nossa atenção está voltada para o grande obstáculo.

 

A lição da alavanca é que não há peso que não possa ser removido e, assim, os obstáculos serão removidos, embora ultrapassados, pois a alavanca apenas suspende e, desequilibrando o peso, faz com que este se mova. Existindo o problema, ao lado estará a solução, basta encontrá-la, o que não é tarefa ingente. O ponto de apoio" é quem suporta todo o peso do obstáculo e, assim, revela-se a parte mais importante.

 

Numa fraternidade, cada irmão constitui um "ponto de apoio", que unidos representa a alavanca, devemos aprender a usar esse poder que só a maçonaria propicia.

 

FONTE RITUAL DO COMPANHEIRO WEB SITE DICIONARIO AURÉLIO

MARLON CESAR DA SILVA - COMP.`. M.`.

 

BELO HORIZONTE 04/09/11